Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

Quando a terapia de plasma rico em plaquetas (PRP) apareceu na mídia recentemente, foi porque alguma celebridade decidiu falar sobre seu tratamento facial de vampiro. No entanto, o PRP tem um longo histórico. Ele tem sido usado para curar lesões esportivas por muitos anos, e mais recentemente tornou-se um tratamento padrão no ramo de restauração capilar. É um processo que envolve a injeção de uma solução concentrada de plaquetas do próprio cliente no couro cabeludo. As plaquetas contêm fatores de crescimento que promovem o crescimento do cabelo e melhoram a saúde geral do couro cabeludo. Quais são esses fatores de crescimento e como eles funcionam? Além disso, quanto tempo eles levarão para consertar seu cabelo?

Continue lendo para obter algumas respostas!

Fatores de crescimento do PRP

As plaquetas no PRP contêm três fatores de crescimento principais. Vamos dar uma olhada em cada um deles.

O fator de crescimento derivado de plaquetas (FCDP) é uma proteína produzida naturalmente pelas células do corpo, incluindo as plaquetas. É um mitógeno potente, o que significa que estimula o crescimento e a divisão das células. Está envolvido na reparação e regeneração de tecidos, particularmente na cicatrização de feridas e nos processos de reparação tecidual.

O FCDP também está envolvido no desenvolvimento de vasos sanguíneos (angiogênese) e no recrutamento de células para o local de uma lesão. Por isso, ele é considerado uma opção em potencial no tratamento de feridas crônicas, fraturas ósseas e danos aos tecidos em várias doenças.

O fator de crescimento epidérmico (FCE) é produzido em vários tecidos, incluindo as glândulas salivares, rins e intestinos, e está envolvido no desenvolvimento e manutenção de muitos tecidos, incluindo a pele, cabelos e unhas. Assim como o PDGF, esse fator de crescimento desempenha um papel crítico na cicatrização de feridas e no reparo tecidual.

O FCE tem sido objeto de extensa pesquisa e suas potenciais aplicações terapêuticas estão sendo exploradas em vários campos, incluindo medicina regenerativa, engenharia de tecidos e dermatologia. O FCE foi investigado como uma opção de tratamento para o envelhecimento da pele, cicatrização de feridas e, claro, restauração capilar.

O fator de crescimento endotelial vascular (FCEV) é uma proteína que desempenha um papel crucial na formação de novos vasos sanguíneos. É um tipo de fator de crescimento que é produzido principalmente por células no endotélio.

O FCEV estimula o crescimento de novos vasos sanguíneos, um processo essencial para o desenvolvimento normal, reparação de tecidos e cicatrização de feridas. Além de seu papel na angiogênese, o FCEV também regula a permeabilidade dos vasos sanguíneos.

Como funcionam os fatores de crescimento

Aqui estão algumas das maneiras pelas quais os fatores de crescimento promovem o crescimento do cabelo:

  1. Os fatores de crescimento podem estimular a proliferação de células no folículo piloso, incluindo as células da matriz capilar, que são responsáveis pela produção da haste capilar. Isso pode levar a um aumento no número e na qualidade dos cabelos produzidos.
  2. Os fatores de crescimento podem estimular a formação de novos vasos sanguíneos, o que pode aumentar o fluxo sanguíneo para os folículos pilosos. Isso pode fornecer aos folículos pilosos os nutrientes e o oxigênio que precisam para sustentar o crescimento do cabelo.
  3. A inflamação pode danificar os folículos pilosos e levar à perda de cabelo. Ao reduzir a inflamação, os fatores de crescimento podem ajudar a proteger os folículos pilosos e permitir que o ciclo natural de crescimento do cabelo siga seu curso.
  4. A fase anágena é a fase de crescimento ativo do ciclo capilar. Os fatores de crescimento podem ajudar a prolongar essa fase, o que pode levar a cabelos mais longos e grossos.
  5. A apoptose é um processo de morte celular programada que pode ocorrer nas células do folículo piloso. Os fatores de crescimento ajudam a evitar isso, o que significa que os folículos pilosos podem continuar produzindo cabelo por mais tempo.

Linha do tempo

A linha do tempo para ver os resultados da terapia PRP pode variar de pessoa para pessoa. Algumas pessoas podem notar melhorias na espessura e densidade do cabelo após alguns meses, enquanto outras podem demorar mais para ver os resultados. Também é importante observar que a terapia PRP não é um tratamento único e várias sessões podem ser necessárias para obter os melhores resultados. Paciência é necessária!

Muitos clientes se preocupam com a dor envolvida no processo de PRP. Esses medos são infundados, a menos que você tenha uma pele excepcionalmente sensível ou um limiar de dor particularmente baixo. As agulhas usadas para injetar a solução de PRP são muito menores do que as agulhas usadas para tatuagem, por exemplo, então essa não é uma experiência traumática.

Conclusão

No geral, os fatores de crescimento podem ter um efeito positivo no crescimento do cabelo, estimulando a proliferação das células do folículo piloso, aumentando o fluxo sanguíneo para os folículos pilosos, reduzindo a inflamação, alongando a fase anágena e prevenindo a apoptose. O processo PRP leva vários meses para ter um impacto; esta não é uma cura instantânea.

Se deseja saber mais sobre o PRP ou qualquer outro tratamento, porque não marcar uma avaliação gratuita e sem compromisso com um dos nossos especialistas em cabelo? A Vinci Hair Clinic é uma das principais organizações de restauração capilar do mundo, por isso temos mais especialistas do que a maioria! As avaliações podem ser presenciais numa das nossas clínicas ou por telefone através de fotografias. Entre em contato hoje mesmo para agendar seu horário!