Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

Quando você tem um perfil público, não há onde se esconder quando seu cabelo começa a desaparecer. O príncipe William, do Reino Unido, descobriu isso recentemente. Fotografias tiradas na época do funeral da rainha Elizabeth provocaram alguns comentários indelicados na imprensa e nas mídias sociais sobre a queda de cabelo do príncipe. Alguns se perguntaram por que o príncipe não tomou medidas para resolver isso fazendo um transplante capilar. É um problema comum entre os homens, sejam eles famosos ou não.

Este artigo analisará algumas das razões pelas quais os homens hesitam em fazer um transplante de cabelo ou descartam completamente a ideia.

A decisão

Podem existir muitas boas razões pelas quais o príncipe William não fez um transplante de cabelo. Pode ser que ele simplesmente ainda não tenha feito um. Muitas vezes, os homens levam anos pensando em um transplante de cabelo antes de finalmente decidirem fazê-lo. Por que isso acontece? Existem vários motivos.

Muitos ainda pensam que a restauração capilar é igual há cinquenta ou sessenta anos atrás. Naqueles dias, as perucas mal ajustadas eram comuns e a cirurgia de transplante de cabelo estava dando seus primeiros passos. Alguns dos resultados não eram impressionantes. Os clientes muitas vezes ficavam com a cabeça cheia do que parecia ser o cabelo de uma boneca, com tufos saindo em ângulos errados.

Depois, existem as histórias de horror das cirurgias que deram errado. O advento do “turismo de transplante de cabelo” trouxe à tona histórias de pessoas viajando pelo mundo para fazer suas cirurgias a preços baixíssimos apenas para retornar com um trabalho mal feito que custa muito para ser consertado. Clínicas de restauração capilar renomadas ​​descobrem que a confiança que elas construíram com o público ao longo de muitos anos pode ser prejudicada pela publicidade ruim das clínicas baratas.

Estigma cultural

No entanto, talvez a razão mais importante pela qual os homens hesitam em fazer um transplante de cabelo é que ainda existe um estigma associado a ele. Desde jovens, os homens aprendem em nossa cultura que cuidar de sua aparência de alguma forma não é um comportamento masculino adequado. Eles temem ser rotulados de vaidosos ou frívolos por desejar ter cabelo.

Progressos foram feitos nos últimos anos para quebrar esse estigma ultrapassado. Jogadores de futebol como David Beckham ajudaram nisso, mostrando que “homens de verdade” podem se importar com moda e aparência sem comprometer sua masculinidade. Outros atletas do sexo masculino também impulsionaram as coisas ao serem abertos sobre sua decisão de fazer um transplante de cabelo.

O jogador escocês de rugby, Stuart Hogg, é apenas um exemplo disso. Ele admite que foi um pouco insultado por seus companheiros de equipe quando anunciou sua decisão, mas não deixou que isso o desencorajasse. Ele disse: ‘Decidi seguir em frente e fui criticado por isso. Mas eu tenho cabelo agora, então quem se importa?”. Isso comprova que os homens ainda podem ouvir alguns comentários negativos quando anunciam sua intenção de fazer um transplante de cabelo.

Saúde

Há pouca dúvida de que o crescente número de atletas, atores e músicos que falaram publicamente sobre seu problema de perda de cabelo estejam ajudando a quebrar barreiras. Ouvir pessoas famosas falando sobre o impacto que a perda de cabelo teve sobre elas, sem dúvida, ressoa em muitos cidadãos. Isso ajudou a remover parte do estigma e trouxe a restauração capilar para o diálogo sobre os cuidados de saúde.

Certamente ela pertence ali, mas ainda existe muito que deve ser feito. Há um crescente reconhecimento de que a perda de cabelo pode ter um impacto devastador no bem-estar mental de um indivíduo, afetando seriamente sua autoestima e confiança. Existem evidências mostrando que isso pode afetar negativamente carreiras e relacionamentos em alguns casos. Dizer aos homens que eles não devem se preocupar com o seu cabelo é errado e reforça esse problema.

Conclusão

Escolher um transplante de cabelo é, sem dúvida, a escolha certa para muitos homens, mas ainda existem atitudes retrógradas que dificultam a tomada dessa decisão. Essas atitudes estão mudando nos dias atuais. Os homens não deveriam pensar duas vezes ou adiar completamente um procedimento cirúrgico simples que poderia transformar suas vidas.

Se você deseja saber mais sobre transplantes capilares ou está preocupado com a queda ou afinamento capilar, entre em contato com a Vinci Hair Clinic. Com clínicas em diversos países, somos uma das maiores organizações de restauração capilar do mundo. Estamos oferecendo uma consulta gratuita e sem compromisso com um de nossos especialistas em cabelo para todos os nossos novos clientes. Entre em contato e marque hoje mesmo seu horário!