Bem-vindo à Vinci Hair Clinic!

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Teerã publicou recentemente um estudo mostrando que ‘existe uma diferença estatisticamente significativa entre a autoestima e a qualidade de vida de pacientes com alopecia androgenética (AAG) antes e depois da cirurgia de restauração capilar’. Isso é notícia? Na verdade, não, visto que é apenas o mais recente de uma longa linha de estudos que demonstraram a elevação psicológica e emocional que um transplante de cabelo proporciona ao receptor. A verdadeira história está nas descobertas muito consistentes e positivas desses estudos.

Este artigo analisará o que as descobertas significam para você e para o negócio de restauração capilar. Continue lendo!

Estudos

Antes de examinarmos as evidências que mostram os benefícios da cirurgia de transplante capilar, devemos examinar por que ela é necessária. Simplesmente, a perda de cabelo não afeta apenas um indivíduo em um nível cosmético, mas também atinge o nível emocional. Pesquisadores em Boston, por exemplo, mostraram em junho de 2019 como “pacientes com alopecia areata (AA) correm maior risco de ansiedade e depressão”. Em 2015, pesquisadores da University of Miami Miller School of Medicine concluíram que os pacientes de AA possuem maior risco de depressão e ansiedade, entre outras condições.

Existem muitos outros estudos mostrando o mesmo tipo de descobertas e explicando a mesma mensagem; a perda de cabelo é ruim para o seu bem-estar mental. É por isso que é reconfortante saber que os tratamentos de restauração capilar fornecem um antídoto eficaz para o problema. Além do último estudo mencionado no início deste artigo, existem inúmeros estudos acadêmicos e clínicos mostrando os benefícios psicológicos de um transplante de cabelo.

Em 2018, pesquisadores chineses produziram um trabalho mostrando que a cirurgia de transplante capilar aumenta consideravelmente a autoestima de uma pessoa. A ciência por trás disso não deveria ser uma surpresa. Todos nós sabemos instintivamente que, se nos sentirmos confortáveis com nossa aparência, automaticamente nos sentiremos melhor também. Pesquisas sobre desigualdades sociais e hierarquias sociais realizadas por acadêmicos da Universidade de Stanford em 2014 descobriram que nossas percepções de nossa aparência podem afetar nossas atitudes, percepções e até mesmo nosso comportamento.

Percepção das celebridades

Embora esses estudos sejam importantes, eles raramente causam grande impacto fora do mundo acadêmico. Em vez disso, muitas vezes cabe às pessoas conhecidas como “celebridades” falarem sobre os problemas publicamente. Assim, por exemplo, quando o ex-campeão de tênis Andre Agassi vinculou a perda de cabelo à perda de seu senso de identidade, as pessoas tiveram uma ideia do que a perda de cabelo poderia fazer ao bem-estar psicológico de um indivíduo. A colunista da mídia britânica Liz Jones também falou sobre como seu cabelo fazia parte de sua identidade: ‘Meu cabelo se tornou minha armadura: tímida e introvertida, eu me escondia atrás dele.’

“Depoimentos” de celebridades como este são importantes. A perda de cabelo é uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, com homens e mulheres experimentando vários graus de perda de cabelo à medida que envelhecem. E, no entanto, muitas vezes a conversa sobre a condição é evitada, como se fosse algo trivial demais para ser discutido abertamente. Ouvir alguém falar sobre queda de cabelo ou ler sua opinião sobre isso na imprensa pode abrir a discussão sobre o assunto.

Tratamentos modernos

Técnicas modernas de transplante de cabelo também ajudaram a popularizar o tratamento de restauração capilar para a sociedade. Ao proporcionar ótimos resultados, a moderna cirurgia capilar tornou o tratamento uma opção viável, o que nem sempre foi o caso.

Se você estiver familiarizado com os procedimentos de transplante de cabelo, saberá que existem duas técnicas principais utilizadas, ou seja, Transplante de Unidade Folicular (FUT) e Extração de Unidade Folicular (FUE). Diferentes métodos cirúrgicos são usados nesses dois procedimentos, mas o princípio subjacente a ambos é o mesmo. Os folículos pilosos são removidos da parte de trás e dos lados da cabeça e enxertados nas áreas do couro cabeludo onde o cabelo foi perdido. FUE é agora o procedimento mais popular. Muitas clínicas, aliás, não oferecem mais o FUT como opção.

Os transplantes de cabelo geralmente são feitos com anestesia local e levam várias horas para serem concluídos. Hoje em dia, o procedimento é tão seguro quanto qualquer cirurgia. A cicatriz é mínima e as complicações raras. Normalmente, o indivíduo pode retornar à sua programação diária normal em um curto período.

Conclusão

A cirurgia de transplante capilar está rapidamente se tornando um procedimento tão rotineiro quanto arrumar os dentes ou corrigir a visão com o tratamento a laser. Se você está lutando contra a queda de cabelo e está considerando um transplante de cabelo, certifique-se de fazer sua pesquisa. Escolha uma clínica respeitável com um histórico distinto de trabalho para ajudá-lo a alcançar os resultados desejados.

Se você ainda tem dúvidas sobre o tratamento de restauração capilar, a Vinci Hair Clinic pode tirar suas dúvidas. Isso porque oferecemos uma avaliação gratuita e sem compromisso a todos os nossos clientes. Isso significa que você pode fazer todas as suas perguntas e considerar nossas respostas sem se comprometer com nada. Entre em contato hoje – nunca houve um momento melhor!